Choose Cuurency to display prices

   
Cabelo branco: natural, descolorido ou platinado, o visual cinza virou febre
. (Foto: .)

 

Por muito tempo mostrar os fios brancos foi considerado tabu – pergunte à sua mãe. “Quando as tinturas se popularizaram, na década de 1950, vendia-se a ideia de que cabelo branco era sinônimo de velhice e descuido”, explica Iza Dezon, do birô de tendências Peclers Paris.

Dos anos 2000 para cá, o culto ao grisalho, seja ele natural ou colorido, bombou, principalmente entre as mulheres de 20 a 30 anos, faixa etária em que os primeiros fios aparecem. “Vivemos o momento de aceitar o corpo e entender a nossa naturalidade”, diz Iza.  Muito graças a grifes como a Chanel, que abraçam a tendência nas passarelas e campanhas, aos ídolos do K-pop (alô, Coreia!) e personalidades fortes, caso de Lady Gaga e a top americana Kristen McMenamy, que aos 53 anos desfila seus longos fios totalmente esbranquiçados.

+ Lenço no cabelo: 10 ideias de penteados para copiar já
+ Escova de Mel: conheça o tratamento capilar natural que acaba com o frizz
+ Penteado moicano ganha as passarelas de alta-costura da Chanel

Mas, como surgem os brancos?


“A despigmentação dos cabelos, conhecida clinicamente como canície, acontece com a morte da célula produtora de melanina (pigmento responsável pela cor do fio)”, explica a tricologista Cris Dios. Suas causas são multivariáveis, com destaque para a boa e velha genética (ai, ai, ai...). A dermatologista e tricologista Ana Carina Junqueira Bertin também aponta vilões externos que aceleram o processo de envelhecimento: poluição, alimentação desequilibrada com falta de minerais e vitaminas, como a B 12, e exposição solar, porque eles desencadeiam a oxidação no organismo.

“Passei seis horas no salão descolorindo as mechas”, conta a influencer americana Samantha Angelo. Já Sarah Harris, diretora da  britânica, teve seus primeiros fios brancos aos 16 anos (Foto: .)

 

Quer aderir ao visual granny natural?


Fácil. “Invista num corte descolado e muita hidratação, já que o fio que nasce branco tende a ser mais ressecado, opaco e com menos elasticidade”, recomenda o hairstylist Rodrigo Cintra. Esfumar a raiz ajuda na fase de transição, pois a técnica cria um degradê suave do início do fio à ponta. Já a versão saída do salão pede descoloração + tonalizante. O único contra: o tom desbota muito!

+ 3 novas cores para tingir o cabelo no inverno 2018
+ Cabelo 90s liso, lambido e atrás da orelha é hit entre as famosas
+ Quer ter cabelos longos de Kim Kardashian? Prepare-se para gastar R$ 23 mil

Os it-tons de cinza

 

O gradiente da (não) cor

. (Foto: .)

 

Cinza, o novo loiro

 

Se antes a cor remetia ao grisalho da vovó, de uns anos pra cá, ela entrou para a paleta millennial dos cabelos coloridos com química. “Decidi deixar os fios acinzentados um ano atrás. É um tom universal”, conta Samantha Angelo. Para Iza Dezon, a tendência do “juvenile gray” está relacionada ao momento atual de desestigmatização das questões sobre idade.

“A maior aceitação das madeixas brancas pelas mulheres mais velhas está gerando um movimento positivo nas mais jovens”, explica. “Brincar com esse código capilar também ficou mais interessante quando ícones de estilo da terceira idade, como Linda Rodin e Iris Apfel, despontaram nas ruas e redes sociais”, completa.

+ Prepare-se o retorno da faixa, piranha e grampo com strass nos cabelos
+ "Já sofri bullying por causa do meu cabelo", diz Lupita Nyong'o
+ Curtain bangs: a opção para quem não quer radicalizar no corte!

Tem menos de 30 anos e muitos fios brancos?

 

Você não está sozinha! Aos fatos:

32% das britânicas com menos de 30 anos têm os primeiros fios brancos e culpam o estresse. Vinte anos atrás esse número representava 18%*.
10x. É o quanto o  envelhecimento capilar aumenta em decorrência da tensão física e mental, segundo a tricologista Ana Carina.
O cortisol...
Cientistas estudam que o hormônio pode desencadear a produção de radicais livres (moléculas instáveis que danificam as células). Eles interfeririam na atividade dos melanócitos acelerando, assim, a despigmentação dos fios. Se não quiser fios brancos: relaxe!
Maria Antonieta
A lenda conta que seu cabelo ficou inteiro branco da noite para o dia pelo estresse
da decapitação iminente durante  a Revolução Francesa, de 1789. Será?

Colorir ou assumir?

 

Elas contam como estão lidando com os cabelos brancos – sejam eles naturais ou forjados no salão

Transição Capilar

Kaká Lobo, 32 anos, produtora  de moda, @kaka_lobo (Foto: .)

 

“Eu tinha 14 anos, estava na fila para as fotos de fim de ano do colégio quando uma amiga gritou: “Nossa! Você já tem cabelo branco!”. Me senti constrangida, juro... Por isso, comecei a pintar cedo. Mais de 15 anos depois, me arrependo. Aprendi a achar o grisalho lindo e quero deixar meu cabelo pratear progressivamente, mas o início da transição está me assustando um pouco.”

1. Xampu iluminador Phytargent com flor de nogueira, raiz de ratânia e giesta, R$ 144, Phyto;  2. Leave-in de proteção da cor, R$ 35, Yenzah;  3. Máscara de Tratamento com extrato de hibisco, R$ 119, Laces  (Foto: .)

 

Tintura neles

Victoria Ceridono, 32 anos, nossa colunista, @vicceridono (Foto: .)

 

“Sabia que teria brancos cedo, pois minha mãe tem desde os 14. De fato, os meus nasceram aos 20 e passei por todo processo: negação, arrancar e esconder até decidir colorir. Comecei usando tonalizante com a técnica fio a fio, e, quando não tinha mais jeito, parti para tintura. Não gosto do contraste de raiz branca e comprimento escuro, então retoco com pausas de 15 ou 30 dias.”

1. Spray de retoque de raiz Magic Retouch,  R$ 30, L’Oréal Paris; 2. Cera Retoque pra branquinhos, R$ 30, Quem Disse, Berenice?; 3. Corretivo capilar Cover Hair,  R$ 73, Dermage (Foto: .)

 

Cabelo color

Victoria Magrath, 28 anos, influencer @inthefrow (Foto: .)

 

“Sempre variava o cabelo colorido entre rosa e roxo. Quando lancei meu blog, lá em 2012, decidi mudar para o cinza para marcar esse novo momento. Um visual brilhante e cool! Eu sou loira, então essa é a minha maneira de apimentar o tom mais “comum”. Eu apenas alterno entre o cinza escuro e o mais gélido. Por causa da cor, nem sei se já tenho brancos naturais...”

1. Xampu neutralizador Goodbye Yellow,  R$ 85, Schwarzkopf; 2. Condicionador Silver Reflex, R$ 117, Keune; 3. Mousse desamarelador Color Shine Platinum Silver,  R$ 69, C.Kamura  (Foto: .)

 

Fotos: Alex John Beck/ Condé Nast Archivee Getty Images *Segundo Pesquisa Da John Frieda  Fotos: Getty Images, Reprodução Instagram e Divulgação

Curte o conteúdo da Glamour? Ele está no nosso app e agora também no Globo Mais, o app que é muito mais do que uma banca. Nele você tem acesso a um conteúdo exclusivo em tempo real e às edições das melhores publicações do Brasil. Cadastre-se agora e experimente 30 dias grátis.
 

Read more here
MendesCC 4 days ago
Comments
Order by: 
Per page:
 
  • There are no comments yet
Post info
MendesCC
HBrazil!
12.07.2018 (4 days ago)
Rate
0 votes
Actions
Recommend
Categories
Art (6 posts)
Beachwear (1 posts)
Beauty (15 posts)
Book (1 posts)
Design (4 posts)
Event (3 posts)
Fashion (564 posts)
Goodies (1 posts)
Life (4 posts)
Lingerie (1 posts)
LookBook (4 posts)
Love & Relationship (1 posts)
Magazine (364 posts)
Movie (3 posts)
Music (4 posts)
Nails (1 posts)
People (38 posts)
Perfume (3 posts)
Photograph (1 posts)
Red carpet (1 posts)
Travel (1 posts)